O Butão é um país pequeno encravado nos Himalais entre dois gigantes: China e Índia. Sua população é de 1 milhão e 600 mil, com um PIB estimado em US$ 4,39 bilhões. As decisões políticas são feitas pelo Rei Jigme Khesar Namgyal Wangchuck e o primeiro-ministro Lyonpo Jigme Thinley.

Sua história remonta o século VII e, quando a Índia era colônia britânica seu pequeno território também fazia parte do "império que não dorme". Conseguiu sua independência em 8 de agosto de 1949.

Mas não irei falar de história aqui. Esse pequeno país asiático hoje é palco de uma das maiores experiências do planeta quando se fala em qualidade de vida.

PIB ou FIB?
Não é de hoje que dos economistas questionam a utilidade do PIB. Na teoria o PIB (Produto Interno Bruto) serve para medir a riqueza dos países. Riqueza material que é, realmente, uma das maneiras de se medir a melhora de qualidade de vida da população.

Mas já parou para pensar que, caso você se envolva em um acidente de carro, o simples deslocar de uma ambulância, acionamento do seguro, o dinheiro que você vai desembolsar nisso tudo vai entrar no PIB do país? Ou seja, muito do PIB não constitui em algo bom ou positivo para a população. Outro exemplo é que a guerra aumenta o PIB também!

Então, o que é FIB?

A sigla significa: Felicidade Interna Bruta. Dá para ter uma idéia do que isso significa, não? Mas, para nos aprofundar no FIB, temos que falar sobre quem inventou tal termo, o ex-rei butanês Jigme Singye Wangchuck.

O Sr. Wangchuck nasceu no Butão 1955, educou-se em seu país e também no Reino Unido. Foi o monarca mais jovem a comandar um país quando assumiu o trono em 1972 (sendo coroado em 74), aos 17 anos, depois da morte súbita do seu pai.

Naquela época o Butão era um país realmente isolado. Para sua coroação foram convidados muitos observadores internacionais, tanto para validar a soberania do país quanto para começar sua abertura ao mundo. Nesse momento esses estrangeiros falaram para Wangchuck: "Vossa Excelência tem de fazer algo, o PIB do Butão é extremamente baixo!". Acariciaram seus livros de economia e soltaram um leve sorriso.

Wangchuck simplesmente respondeu: "A felicidade dos meus súditos (leia-se a população local) é mais importante que o crescimento econômico". Então, baseando-se em valores budistas o Rei do Butão cunhou o FIB e declarou que todas as ações de seu reino seriam feitas visando o real bem-estar do povo.

Isso seria uma grande e belíssima frase de efeito para qualquer corrupto, não é verdade? Está pensando que Wangchuck era, na verdade, um grande corrupto que usou esse discurso para sacanear o povo? Nesse caso o Rei estava com as melhores intenções.

Mas desde quando se mensura felicidade?
Já sabemos que Wangchuck é budista e bem-intencionado mas, colocar tal plano em ação é outra história. Bom, em se tratando de um Rei que casou com 4 mulheres e que só tem uma sogra (suas esposas são todas irmãs) me arrisco a dizer que ele é esperto, então, porque ele não conseguiria botar o plano em ação?

No começo foram estabelecidos quatro pilares de ação em mensuração do FIB. Foram eles:
- Promoção da igualdade e desenvolvimento sócio-económico sustentável;
- Preservação e promoção dos valores culturais;

- Conservação do ambiente natural;
- Estabelecimento da boa governaça.

Hoje o movimento do FIB é internacional e, em 2006, uma segunda proposta feita Med Yones, o Presidente do Instituto Internacional de Gestão, foi adotada. Ela leva em consideração 7 itens:

1º - Bem Econômico: indicada através de estatísticas como renda per capita, índice de preços ao consumidor, distribuição de renda e dívidas do consumidor;
2º - Bem Ambiental: medido através de índice de poluição, ruído, tráfego e suas variantes;
3º - Bem Físico: medido através da saúde da população;
4º - Bem Estar Mental: medido através do uso de antidepressivos da população, aumento ou diminuição de pacientes psicoterapêuticos, etc
5º - Bem Estar no Trabalho: medido através da vistoria das condições de trabalho da população, das reinvidicações empregatícias, mudança de emprego e reclamações judiciais;
6º - Bem Estar Social: levantado através do número de medições nas áreas de segurança, taxas de divórcio, denúncias de conflitos familiares, ações públicas e até discrimonação social;

7º - Bem Político: leva em conta qualidade da democracia local, liberdade individual, conflitos externos e com outros países.

E mais
Essa matéria ainda é muito pouco para se aprofundar nesse assunto extremamente interessante e extenso. É uma idéia de "medir" a felicidade da população de uma maneira que nunca havia se tentado anteriormente e que, com toda certeza, irá crescer cada vez mais.

Para ler e entender mais do assunto abaixo segue alguns links interessantes:
Governo do Butão: http://www.bhutan.gov.bt/

Movimento FIB: http://www.gnh-movement.org/

Viagem ao Butão: http://www.bhutanmajestictravel.com/

Infelizmente não há muita literatura sobre o assunto em português então vocês deverão achar mais sobre o assunto somente em inglês, mas vale a pena.

Comments (1)

On 26 de abril de 2011 15:32 , Bruna disse...

fjjgujghbufububfdguhrsdghvurdvbierrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrufgv8weygv gwey88tfgbwey yew7tr weyrgafsuigunusg suefg ewgiuwebfSLBIUSDS VSEKJY DD GVSEURT Rouesr rtgei nerity rtqiert et ieuyt eit ethfi iuyer eut euyt utuy i eytwoiueytwety wieht i wety uetyyth y