Jackie Chan está com a corda toda. Há pouco tempo falei aqui que há a possibilidade dele fazer o célebre papel do Sr. Miyagi em uma refilmagem. Ele também está montando um Museu sobre sua vida e carreira em Shanghai que deve abrir em 2010.

Caso não saiba Jackie Chan também é cantor e está também gravando uma música entitulada "País" em homenagem aos 60 anos da República Popular da China cuja comemoração será dirigida por Zhang Yimou. Enfim, com seus quase 55 anos Jackie continua com a vida bem corrida, não?


Agora ele também está lançando seu novo filme no qual, além de atuar também investiu, chamado ''Shinjuku Incident'' (em tradução livre "Incidente de Shinjuku"). O filme conta a história de um refugiado que foge do Japão e aí torna-se um matador.

O orçamento desse filme girou em torno de US$ 25 milhões (R$ 56 milhões) e foi dirigido pelo hong kongonês Derek Yee. E, apesar de ser falado em mandarim, não irá passar na China, o motivo: violento demais.

Derek diz que tentaram editar o filme para se adaptar às exigências chinesas mas acabou desistindo para manter a integridade do filme. Obviamente é uma pena, financeiramente falando, para eles. É muito claro que cópias piratas entrarão na China continental, mas os produtores não vão lucrar nada com isso.

O filme então será lançado dia 2 de abril em Hong Kong e sudeste asiático e 1º de abril no Japão. Pelo jeito só deve chegar nos mercados ocidentais bem depois.

Comments (2)

On 18 de fevereiro de 2009 02:15 , Tami disse...

Eh... la na China eh fodis.. comunismo ferrenho! o filme parece ser mto interessante!

e sobre ele ser cantor isso num eh novidade... pelo menos pa mim.

 
On 18 de fevereiro de 2009 11:00 , Luiz Barretto disse...

oi Tami,
Nesse caso foi me parece que foi meio "deixa pra lá". De qualquer maneira a censura é grande mesmo, ruim para o público que não poderá ver algo diferente do Jackie (ao menos esse filme me parece ser).

Sobre a música, ele segue também "a linha" do Andy Lau, que atua e canta também. Mas acho que o Andy canta melhor...