Podemos dizer que é "obrigação" devido ao tamanho do continente, sua enorme população e seu grande impacto no consumo de energia. Mas não de ser interessante que, segundo previsões da Global Wind Energy Council (GWEC), a Ásia ultrapassará a Europa como potência eólica até 2014. Puxado por quem? Você sabe!

Só em 2009 a Ásia já criou mais 15,4 gigawatts (GW) dessa fonte, enquanto a Europa fez mais10,5 GW e a  América do Norte mais 10,9 GW.

Você, brasileiro, quer saber aonde nosso país está? Atualmente tem cerca de  605 megawatts de energia eólica. A meta é chegar até 2020 com 10 GW. Ou seja, cerca de 1 GW por ano apenas... não poderíamos/ deveríamos ser mais ambiciosos?

Bom, voltemos para a Ásia. O maior produtor de energia eólica é a China com 13,8 GW. E tem de ser mesmo, senão o país para. Em 2º lugar está os EUA com 9,9 GW e o 3º lugar surge bem atrás, a Espanha com 2,5 GW e a Alemanha com 1,9. Claro, a necessidade desses dois últimos é bem menor que os dois primeiros, certo?

Esse tipo de energia é muito interessante e deveria ser melhor explorada mas, como tudo, depende de boa vontade política. Ou, como é no caso chinês, a necessidade.

Comments (1)

On 9 de fevereiro de 2012 22:09 , Lista Telefonica disse...

Conheça a melhor Lista Telefônica do Litoral. Acesse www.SUALISTA.com.br e saiba mais!