Desde quarta-feira, 17, até o dia 28 deste mês, o jornalista, escritor e fotógrafo Nilton Pavin expõe, no Sesi de Limeira, seu trabalho baseado em imagens feitas a partir de suas diversas jornadas à Ásia. O resultado está na mostra Paraísos Proibidos dos Himalaias, nome que se refere à proibição da entrada de jornalistas em alguns destes lugares por ele visitados. A exposição é composta por 120 imagens capturadas pelo fotógrafo durante suas incursões ao território asiático. As fotos são de lugares isolados, cortados pela Cordilheira do Himalaia, entre eles Tibete, Butão, Nepal e Índia, no período de 1998 e 2004. E retratam o dia-a-dia das pessoas nestes países, bem como sua religiosidade, geografia e costumes destes povos isolados dos ocidentais.

Por meio de detalhes da arquitetura de cores vivas e vibrantes, da agricultura rudimentar, das cidades, dos monastérios e dzongs (fortalezas) seculares, Nilton Pavin captou um outro mundo, totalmente distinto de nossa cultura. Formado em Jornalismo pelo Instituto Metodista de Ensino Superior e há 21 anos exercendo a profissão, Pavin foi vencedor por quatro ocasiões do prêmio Aberje de Jornalismo Empresarial, uma das principais premiações da área.

Nilton é o primeiro jornalista brasileiro a entrar no Butão e registrar imagens incríveis do cotidiano destes religiosos enclausurados. Parte do trabalho sobre as milenares culturas asiáticas pode ser vista nos dois livros publicados pelo fotógrafo: Imagens Proibidas, uma viagem aos mistérios do Tibete e do Butão e Imagens da Paz, uma viagem ao místico sudeste asiático. A exposição estará aberta para visitação de terça a domingo, das 8h às 17h. Aos feriados das 9 às 17 horas. Informações 3451-5710.

Fonte: Jornal Gazeta de Limeira: www.gazetadelimeira.com.br