A Organização Internacional do Trabalho (OIT) fez estudos sobre os impactos da crise econômica nos empregos na Ásia. Três cenários foram imaginados, um otimista, outro mediano, outro pessimista.

- Otimisto: 7,2 milhões de desempregados a mais;
- Mediano: 23 milhões;

- Pessimista: 60 milhões.


E, para esclarecer, esse estudo é baseado no PIB dos países e leva em conta os impactos dessa crise nos empregos até o momento e sua perspectiva.

Comments (2)

On 21 de fevereiro de 2009 18:30 , Sandra disse...

Ainda bem que estamos no Brasil, onde no maximo sentiremos uma "marolinha".

 
On 21 de fevereiro de 2009 18:40 , Luiz Barretto disse...

É Sandra, acredito que a Ásia, por ser essencialmente exportadora, vai sentir muito essa crise pois as grandes potências já estão começando a comprar menos.
Nesse sentido as exportações brasileiras, por serem mais "matérias essenciais" como a soja, pode ter uma pequena vantagem mas já estamos sentindo a "marolinha", que pode aumentar também.