Em princípio eu não sei consegui pensar no objetivo de se fazer animais fluorescentes. Pensei que fosse um exercício de "relaxamento de competência", mas não.

Aqui está a foto de um cão fluorescente feito na Universidade Nacional de Seul e, dizem os cientistas, esse gene deverá ajudar na criação de cães modelos para estudar doenças humanas.

E a ovelha Dolly realmente ficou pra trás, não? Clonar virou uma moda e deve virar uma indústria muito em breve. Agora acabo de ler que o primeiro dromedário clonado nasceu em Dubai, depois de uma pesquisa que levou 5 anos. Onde isso vai parar?

Comments (1)

On 13 de maio de 2009 15:06 , Tami disse...

Nhaaa eu quero um! o/

HAUHAHA~